publicado por gondomaralegre2011 | Domingo, 19 Setembro , 2010, 17:06

Permiti-me que vos dirija algumas palavras. E permiti-me que o faça enquanto mero cidadão membro do MIC, muito embora não ignore ser, neste momento, Presidente da Assembleia Geral desta “nossa” associação cívica.

 

Perceber os sinais dos tempos é tarefa de todos, sobretudo de todos aqueles que — sem jamais deixar de louvar e de enaltecer o papel dos Partidos como peças essenciais de um legítimo jogo democrático — não estão nos Partidos, mas que não renunciam a uma intervenção cívica e política.
Por isso cada um de nós, enquanto membros do MIC, mas também enquanto cidadãs e cidadãos intervenientes na “coisa pública”, percebe que as próximas eleições presidenciais são determinantes para a realização de uma certa ideia de Portugal.

 

Por isso cada um de nós percebe que essa ideia, essa meta, esse horizonte — que é, que tem de ser, um misto de esperança e de lúcida racionalidade, amalgamado por uma liderança ética que se não refugie em balofos e inconsequentes pragmatismos ou em evanescentes éticas da intenção — só poderá ser alcançado, no actual quadro — e o actual quadro é o actual quadro e não um quadro de “estados de alma” —, se elegermos Manuel Alegre para Presidente da República.

 

Por isso cada um de nós, porque percebe tudo isto, tem que juntar a esse rasoiro da razão a vontade firme e insofismável de ajudar, de dar força a uma candidatura, a uma Presidência.

 

E isso só se faz com empenho, zelo, vontade e dedicação. Qualidades ou virtudes que todos os membros ou simpatizantes do MIC sempre mostraram em abundância. Qualidades ou virtudes — estou disso absolutamente seguro — que mais fortes se mostrarão nesta hora decisiva.

 

A vontade de todos faz se pela vontade de cada um. Por certo. Por isso é absolutamente necessário que a vontade livre de cada um se manifeste no voto em Manuel Alegre, mas até lá é também imperioso que, todos juntos, trabalhemos para que se concretize uma ideia de Portugal decente, fraterno, solidário e justo.

 

Comunicado do Presidente da Assembleia Geral do MIC
Prof. José de Faria Costa

 

 

tags: ,

Setembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

21
22
24
25

26
27
28
29


arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO